Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Ales aprova mudança em lei de registro de bens imateriais

Deputados aprovaram mudanças para o processo de reconhecimento de bens culturais de natureza imaterial durante a sessão ordinária híbrida desta quarta-feira (17). A alteração se dá por meio do Projeto de Lei (PL) 188/2024, cuja autoria é do parlamentar Coronel Weliton (PRD).

A proposta do militar mexe na Lei 6.237/2000, que normatiza o registro de bens culturais de natureza imaterial no Espírito Santo. A modificação é para permitir que a Assembleia Legislativa (Ales) seja considerada uma das partes legítimas para requerer o reconhecimento desse tipo de bens.

O projeto foi analisado nas comissões reunidas de Justiça, Turismo, Cultura e Finanças pelo relator Tyago Hoffmann (PSB). Após o parecer, Hoffmann recebeu a aprovação dos colegas, entre os quais, a deputada Iriny Lopes (PT), presidente da Comissão de Cultura. O entendimento é que a proposta dará autonomia ao legislativo.

O autor explicou que a medida visa “garantir a devida segurança jurídica para as proposições parlamentares que tratam dos bens culturais de natureza imaterial, considerando que é uma prática adotada há vários anos aqui na Assembleia Legislativa e que rotineiramente tem algum tipo de questionamento”, afirmou Weliton.

Notícias Recentes

Anúncio publicitário

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.