Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Bandas escolares de Vila Velha participam de festivais em outros municípios

Neste final de semana, oitenta alunos integrantes de bandas marciais escolares de Vila Velha terão uma agenda especial. Eles embarcam para se apresentarem em outros municípios. No sábado (26), às 10h, o grupo musical da UMEF Leonel de Moura Brizola participa da primeira edição do Festival de Bandas e Fanfarras de Itapemirim, em Itaoca Praia. 

Neste final de semana, oitenta alunos integrantes de bandas marciais escolares de Vila Velha terão uma agenda especial. Eles embarcam para se apresentarem em outros municípios. No sábado (26), às 10h, o grupo musical da UMEF Leonel de Moura Brizola participa da primeira edição do Festival de Bandas e Fanfarras de Itapemirim, em Itaoca Praia.

Já no domingo (27), a partir das 9h, é a vez da banda da UMEF Leonel de Moura Brizola se apresentar no 13º Encontro de Bandas e Fanfarras de Venda Nova (Ebanfaven), que acontece no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman (“Polentão”), em Venda Nova do Imigrante. O evento, que contará com mais de 700 músicos de 15 bandas e fanfarras de todo o estado, é aguardado com grande expectativa, já que o último encontro na cidade ocorreu em 2009.

Para o coordenador do projeto Sons da Vila, o maestro Elicelmo Rodrigues, essas ocasiões são muito importantes para elevar a autoestima dos estudantes e estimulá-los a persistir com os estudos musicais. “Os alunos ficam muito animados e empolgados. Afinal, as apresentações são uma grande oportunidade de intercâmbio e de troca, onde convivem com músicos de culturas diferentes, bandas e regentes com outra formação e têm acesso a repertórios variados. É uma verdadeira aula prática de música e vivência”, frisa.

O Sons da Vila é desenvolvido em 11 unidades de ensino da rede municipal de Vila Velha, no contraturno escolar, com aulas de teoria musical e prática de instrumentos (percussão, flauta transversa, clarinete, saxofone, alto e tenor, trompa, trompete, trombone, eufônio e tuba). Mais de 1.200 alunos participam da iniciativa, sendo que, deste total, cerca de 700 alunos integram as onze bandas marciais escolares existentes atualmente na rede.

“Vila Velha é destaque hoje no Estado no contexto do ensino de música nas escolas. Desde 2021, temos trabalhado para fortalecer e expandir esse trabalho tão importante, que contribui não apenas para desenvolver habilidades e reforçar o aprendizado, mas sobretudo para a formação integral do cidadão, por meio da socialização, arte, cultura, expressão de emoções e resgate da autoestima, permitindo com que as nossas crianças e jovens vislumbrem novos horizontes e oportunidades”, completa o maestro.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.