Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Circulação do navio-plataforma Maria Quitéria é adiado para 2025

O início das operações do navio-plataforma Maria Quitéria, que estava previsto para o quarto trimestre de 2024, foi adiado para 2025. O investimento vem para contribuir com o aumento da produção de barris de petróleo e alavancar a economia do Espírito Santo. 

O início das operações do navio-plataforma Maria Quitéria, que estava previsto para o quarto trimestre de 2024, foi adiado para 2025. O investimento vem para contribuir com o aumento da produção de barris de petróleo e alavancar a economia do Espírito Santo. 

O navio tem a capacidade de extrair 100 mil barris de petróleo por dia e 5 milhões de metros cúbicos de gás por dia enquanto estiver em operação, sendo uma Unidade Flutuante de Armazenamento e Transferência, ou FPSO (Floating Production Storage and Offloading). 

Apesar de sua imensidão, nesta semana, a Petrobras anunciou que o transportador será o primeiro totalmente elétrico, ou seja, ajudará a reduzir a emissão de gases do efeito estufa para a atmosfera e ficará no Campo de Jubarte, na região do pré-sal, na costa do estado.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.