Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Cmei de Tempo Integral em Bela Vista passará por reforma em Vitória

A reestruturação física da rede municipal de ensino de Vitória é uma das marcas desta gestão, que tem a educação como prioridade nos investimentos. Para obras de reforma estrutural, reparos, troca completa de telhado e construção de novas sedes de unidades de ensino já foram investidos mais de R$ 150 milhões em obras licitadas, contratadas, em andamento ou já entregues pela Prefeitura de Vitória, por meio da Secretaria de Educação.

CMEI Álvaro Fernandes Lima – Fachada

 

A reestruturação física da rede municipal de ensino de Vitória é uma das marcas desta gestão, que tem a educação como prioridade nos investimentos. Para obras de reforma estrutural, reparos, troca completa de telhado e construção de novas sedes de unidades de ensino já foram investidos mais de R$ 150 milhões em obras licitadas, contratadas, em andamento ou já entregues pela Prefeitura de Vitória, por meio da Secretaria de Educação.

Nesta quinta-feira (6), o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, assinou a ordem de serviço para reforma no Centro Municipal de Educação Infantil em Tempo Integral (Cmei TI) Álvaro Fernandes Lima, no bairro Bela Vista. Ele esteve na solenidade acompanhado pela secretária de Educação, Juliana Rohsner, e outras autoridades municipais.

“Nós estamos aqui hoje por dois motivos muito especiais. Primeiro, para assistir à apresentação das crianças. O segundo é a reforma que vamos fazer aqui, qualificando ainda mais esse espaço, esse ambiente, que já tem uma educação de excelência. Quero agradecer a todos vocês, os responsáveis pela alimentação, pela limpeza, aos professores, pedagogos, coordenadores, assistentes, que fazem com que Vitória tenha uma educação de excelência”, destacou Pazolini.

No contrato, estão previstos os serviços de troca do telhado por telha metálica; cobertura com telha termoacústica do solarium e do parquinho; estrutura metálica e troca de parte da estrutura de madeira; pintura das estruturas do telhado; calha metálica; impermeabilização dos rufos; e caixa de passagem para drenagem. O investimento é de R$ 381.805,07.

Para celebrar esse momento, o grupo 6B preparou uma apresentação cultural com a música “Palavrinhas Mágicas”, sob coordenação da professora Natália Nolasco, da pedagoga Daniele Barcelos e da assistente de Educação Infantil Dirlaine Iglesias.

“É muito importante estar aqui nesse momento. Quero agradecer à diretora Rislany Rosa por esse momento. A funcionalidade desse Cmei é maravilhosa, fico feliz por esse olhar de carinho com o nosso Cmei. Toda melhoria aqui tem garantido a devolutiva de educação de qualidade aqui, todas as pessoas aqui são maravilhosas pra gente. E essa reforma é muito necessária”, ressaltou Jéssica da Silva de Souza, mãe do ngelo, do grupo 3.

Plano Vitória

A obra de reforma está contemplada dentro do Plano Vitória, com investimentos de R$ 1 bilhão, até 2024, lançado na gestão do prefeito Lorenzo Pazolini. O Plano Vitória é fruto do ajuste fiscal e financeiro realizado pela atual gestão e prevê ações em educação, saúde, infraestrutura, mobilidade, urbanização, habitação, equipamentos esportivos e culturais e tecnologia.

“Hoje nós estamos cuidando de 103 unidades de ensino, todas passaram por alguma reforma. E eu agradeço ao prefeito Lorenzo Pazolini pelo investimento. Desde que foi criado, em 2010, havia a intenção o Cmei Álvaro Fernandes Lima tinha a intenção de ser de tempo integral. E é uma alegria nossa consolidar essa modalidade de ensino na nossa gestão, que vem ampliando as unidades de tempo integral pela cidade. Assinamos aqui mais uma ordem de serviço que vai fazer a diferença para um atendimento ainda melhor das nossas crianças”, afirmou a gestora da Educação.

Entregas na unidade de ensino

Esta não é a primeira vez que o Cmei TI Álvaro Fernandes Lima recebe cuidados e atenção da Secretaria de Educação. Este ano, já foi feita a revitalização da secretaria escolar, do hall de entrada e da sala dos professores, além de reforma em banheiros, feita com verba repassada ao Conselho de Escola.

“Quero dividir essa alegria e essa felicidade com todos vocês. Quero agradecer a presença de todos aqui, as autoridades. Hoje é um dia de festa e de alegria. Quero agradecer muito a equipe que temos aqui. É a materialização de um sonho essa ordem de serviço. Até chegarmos aqui, muitas pessoas estão envolvidas nesse projeto. Estamos realizados hoje. Agradeço com muito carinho a presença das equipes da Seme sempre aqui no Cmei. Agradeço às famílias e ao Conselho de Escola, sempre atuante e presente”, disse a diretora do Cmei, Rislany Rosa.

Além disso, em 2021, foi feita a troca de ventiladores, lâmpadas, reparo no banheiro, fechamento de gesso, reparo de gesso e pintura nas salas de aulas, reparo geral no telhado, reparo hidráulico na cozinha e banheiro, somando R$ 117.921,55 investidos em benfeitorias.

“Já estou aqui nesse Cmei desde 2015. Representando todos os profissionais aqui, venho exaltar o trabalho de excelência que é feito no AFL, valorizando o protagonismo de cada criança. Na Educação Infantil começa tudo. Todo esse trabalho acontece porque temos uma gestora aqui, nossa diretora, Rislany Rosa, que reconhece e sabe estar aqui, nesse espaço, que valoriza cada um, todos os dias”, enalteceu a professora Cleidiomar de Paula.

A representação da comunidade do bairro Bela Vista também esteve presente na solenidade. “Quero agradecer ao prefeito por esse presente. Falar da importância dessa obra e parabenizar o prefeito Pazolini e agradecer pelos investimentos”, disse José Valmer Martins da Silva, o Zezão.

“Agradecemos por esse momento tão esperado pela nossa comunidade. Agradeço a todas as autoridades e principalmente a diretora Rislany, que já vem com esse pleito da reforma. A gente precisa mesmo dessa reforma”, agradeceu Luiz Carlos Moraes Lenzi, mais conhecido como Neném.

Podcast

Após a assinatura da ordem de serviço, as crianças do grupo 6 C convidaram o prefeito para gravar o podcast “Vem descobrir com a gente”, produzido na Rádio Massinha, feito pelas crianças do Cmei TI Álvaro Fernandes Lima.

Entre as questões, a primeira foi “o que é ser prefeito?”. Pazolini respondeu que é, cuidar. ” Cuidar da educação, da segurança, da saúde, das praças, e de tudo o que envolve a cidade. Mas, sobretudo, é cuidar das pessoas”.

Outra pergunta foi “por que não pode ter piscina na escola?”, que provocou riso em quem ouvia, ao vivo, a transmissão do podcast no Cmei. O prefeito explicou que não é que não pode, mas é perigoso. “Tem coleguinhas que não sabem nadar, e o risco de ter algum acidente é muito grande. Por isso que tem banho de mangueira na escola”.

Encerrando o podcast, as crianças fizeram uma pergunta muito importante: “por que não pode deixar água parada nas coisas?” Pazolini agradeceu pela pergunta e reforçou a responsabilidade de todas as pessoas no combate à dengue. “Nós estamos em uma batalha contra a dengue. Lá, na Prefeitura, estamos fazendo a nossa parte. Usamos drone para olhar onde tem caixa d’água destampada, sem tela, onde tem calha cheia de água. Isso porque a grande maioria dos focos do mosquito estão na casa das pessoas. E precisamos cuidar para não ter o mosquito. Aqui no Cmei AFl, eu tenho certeza que vocês ajudam a cuidar, certo?” As crianças concordaram.

Ampliação do tempo integral

O Cmei TI Álvaro Fernandes Lima passou a ser totalmente de tempo integral neste ano letivo de 2023, completando as 17 unidades de ensino que ofertam a modalidade, outra marca da gestão do prefeito Lorenzo Pazolini. Em 2021, ao assumir a administração da cidade, Vitória tinha apenas um Cmei TI que ofertava essa modalidade de ensino, o Aécio Bispo dos Santos, no Jaburu. Em 2023, a rede abriu o ano letivo com 11 unidades de Educação Infantil em tempo integral. São elas:

  • Cmei TI Aécio Bispo dos Santos, em Jaburu
  • Cmei TI Álvaro Fernandes Lima, em Bela Vista
  • Cmei TI Carlita Corrêa Pereira, na Piedade
  • Cmei TI Dom João Batista Motta e Albuquerque, na Praia do Suá
  • Cmei TI Jacyntha Ferreira de Souza Simões, em Goiabeiras
  • Cmei TI Luiz Carlos Grecco, na Ilha de Santa Maria
  • Cmei TI Luiza Pereira Muniz Corrêa, em Mário Cypreste
  • Cmei TI Maria Goretti Coutinho Cosme, no Cruzamento
  • Cmei TI Menino Jesus, no Centro
  • Cmei TI Robson José Nassur Peixoto, no Forte São João
  • Cmei TI Silvanete da Silva Rosa da Rocha, em Comdusa

As unidades de ensino em tempo integral trabalham de forma mais intensiva a autonomia das crianças e estudantes, estimulam hábitos saudáveis de higiene e organização, oferecem cuidados e orientações nutricionais, além de evitar riscos sociais.

Os Cmei TI possuem como finalidade garantir o atendimento definido na Política de Educação Integral da Rede Municipal de Ensino de Vitória, cujo processo de implementação implica assumir compromissos e superar barreiras para assegurar o acesso à educação pública de qualidade e a permanência das crianças nos ambientes educativos.

Na Educação Infantil, o objetivo é assegurar uma educação integral que reconheça as particularidades das crianças e das infâncias e sua completude, tendo como princípios educativos que orientam o processo de implementação das Propostas de Gestão e Pedagógica a educação interdimensional, a territorialidade e o protagonismo.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.