Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Colar que mede pureza de ar é desenvolvida por pesquisadores da Ufes

Para auxiliar as pessoas que sofrem com problemas de sinusite, rinite, bronquite ou asma, foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) o projeto ASMA-VIX, com o propósito de saber como a qualidade de ar no ambiente pode afetar quem sofre dessas comorbidades.

Para auxiliar as pessoas que sofrem com problemas de sinusite, rinite, bronquite ou asma, foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) o projeto ASMA-VIX, com o propósito de saber como a qualidade de ar no ambiente pode afetar quem sofre dessas comorbidades.

Foi adaptado um colar acolchoado, que absorve as impurezas do ar. O aparelho já existe no Japão, mas aqui no estado foi desenvolvido do zero pelos pesquisadores da universidade. Com o colar, o objetivo é recolher os resíduos do local em que crianças e adolescentes estão, já que essas são as mais afetadas pelos problemas respiratórios, possibilitando assim a avaliação dos efeitos. 

Até então, a avaliação dos aparelhos para monitorar as condições respiratórias dos menores está sendo feita em alguns bairros, como: Andorinhas, Maruípe, Jesus de Nazareth, Enseada e Maria Ortiz.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.