Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Consequência dos desmatamentos e irregularidades: 39 áreas ilegais identificadas na região Serrana do ES

Durante uma operação realizada entre terça (11) e quarta-feira (12), foi identificada ao todo 39 pontos de desmatamento ilegais e 27 barragens irregulares na região Serrana do estado, entre elas estão: Três Santas, no Espírito Santo, formada pelos municípios de Santa Teresa, Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina. 

Durante uma operação realizada entre terça (11) e quarta-feira (12), foi identificada ao todo 39 pontos de desmatamento ilegais e 27 barragens irregulares na região Serrana do estado, entre elas estão: Três Santas, no Espírito Santo, formada pelos municípios de Santa Teresa, Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina. 

A causa desses desmatamentos afetam o estado com a perda da biodiversidade – onde prevalece a riqueza de espécies de um ecossistema – a degradação do habitat e com as alterações climáticas. 

Segundo o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf-ES), esses espaços desmatados iriam ser utilizados para investimentos de bens imóveis. Porém, nessas áreas, há reservas legais onde o desmatamento ainda é proibido. 

Além disso, a presença das barragens irregulares também é algo a se preocupar. Caso ocorra rompimento das mesmas, a presença de minerais como o ferro, arsênio e o chumbo, podem prejudicar a fauna e flora da região Serrana do Espírito Santo.

Notícias Recentes

Anúncio publicitário

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.