Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Defesa Civil de Vila Velha vai usar drones para monitorar áreas de risco

 

Na tarde desta quinta-feira (20), os Agentes de Proteção e Defesa Civil de Vila Velha receberam instrução sobre legislação de utilização de drone no nosso espaço aéreo. A aula foi ministrada pelo piloto/operador de drone da Secretaria de Comunicação, Everton Thiago, que possui mais de 250h de voo e mais 2.500 voos registrados.

“Essa instrução é fundamental, pois pilotar drone requer noções de legislação e segurança, tanto para a população, quanto para a aeronave. Não podemos subir o drone em qualquer lugar, precisamos ter cautela e, em determinadas regiões, é preciso ter autorização do Departamento de Controle de Espaço Aéreo”, explica Everton Thiago.

Durante a instrução, os agentes aprenderam a ter acesso ao site do Departamento de Controle de Espaço Aéreo – DECEA, realizar o cadastro na ANAC, solicitar voos em determinadas áreas e realizar o registro de piloto/operador e também noções básicas sobre a aeronave.

São oito Agentes de Proteção e Defesa Civil que participaram da instrução. “Hoje tivemos aula sobre a parte de legislação e como podemos fazer para nos habilitar para pilotar o drone. Nas próximas semanas teremos aulas para manusear o equipamento”, expressa o diretor técnico operacional da Defesa Civil Municipal, sgt. Afonso Belenda Netto.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, coronel Marcelo D´Isep, a instrução foi muito importante: “O drone é fundamental para o serviço da Defesa Civil, pois podemos usar, por exemplo, o equipamento para mapear/monitorar as áreas de riscos. Com a aquisição do drone, precisamos capacitar nossos agentes para operar esse importante recurso”, disse.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.