Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Economia e sustentabilidade: TJES inicia obras de instalação de placas de captação de energia solar

As obras de instalação de usinas fotovoltaicas, ou como são popularmente conhecidas, usinas de geração de energia solar, tiveram início no último dia 27/09, nos fóruns do Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo.

As obras de instalação de usinas fotovoltaicas, ou como são popularmente conhecidas, usinas de geração de energia solar, tiveram início no último dia 27/09, nos fóruns do Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo.

Serão instaladas 38 usinas, capazes de gerar aproximadamente 200 MWh de energia por mês. Isso equivale a aproximadamente 25% de todo o consumo de energia do Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo. A economia que será obtida está estimada em torno de R$ 200 mil reais por mês.

“Todas as usinas vão produzir quantidades de energia superiores ao seu consumo. A energia excedente é jogada na rede da concessionária de energia e é convertida em créditos que serão utilizados para pagar as contas de outros fóruns. Portanto, não serão apenas os 38 que serão beneficiados com essa iniciativa da presidência do TJES”, destacou o secretário de engenharia do TJES, Wagner Marques.

“Os fóruns menores foram priorizados, pois eles são atendidos em baixa tensão, como nas nossas residências, onde o valor do kWh é mais caro em comparação aos grandes fóruns. Consequentemente, dessa forma, obteremos maior economia”, completou.

Confira a lista dos fóruns onde as usinas já estão sendo instaladas, com obras iniciadas em 27 de setembro:

  • Piúma
  • Rio Novo do Sul
  • Iúna
  • Ibatiba
  • Santa Teresa
  • Santa Maria de Jetibá
  • Pancas
  • Águia Branca
  • Ecoporanga
  • Pedro Canário

Veja, ainda, a lista dos demais fóruns que também receberão usinas fotovoltaicas:

  • Boa Esperança
  • Água Doce do Norte
  • São Domingos do Norte
  • São Gabriel da Palha
  • Ibiraçu
  • Afonso Cláudio
  • Apiacá
  • Mantenópolis
  • Marilândia
  • Montanha
  • Presidente Kennedy
  • Conceição da Barra
  • Itarana
  • Rio Bananal
  • Alto Rio Novo
  • Atílio Vivácqua
  • Mucurici
  • São José do Calçado
  • Aracruz
  • Muniz Freire
  • Vargem Alta
  • Itapemirim
  • Itaguaçu
  • Muqui
  • Barra de São Francisco
  • Pinheiros
  • Conceição do Castelo
  • Marataízes

A conclusão das instalações está prevista para o dia 11 de dezembro. Após esta data, a EDP leva aproximadamente duas semanas para substituir o relógio de entrada de energia de cada edificação e a geração de energia começar a ser contabilizada.

Macrodesafios:

  • Promoção da sustentabilidade
  • Aperfeiçoamento da Gestão Orçamentária e Financeira

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.