Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

ES solicita aumento no valor da indenização referente ao rompimento da barragem de Fundão, em MG

Foto: MPMG

A Procuradoria-Geral do Estado do Espírito Santo (PGE) e a Advocacia-Geral do Estado de Minas Gerais (AGE) pedem aumento no valor da indenização pelo rompimento da barragem de Fundão, em Minas Gerais.

As empresas Samarco, Vale e BHP Billiton, são as responsáveis pela barragem, que rompeu em 2015, em Mariana. O desastre atingiu 49 municípios, cobrindo uma área de 32.813 quilômetros quadrados e afetando cerca de 2.450.000 pessoas.

A decisão da 4ª Vara Federal Cível e Agrária de Belo Horizonte sobre o valor era de R$ 47,6 bilhões, mas para os representantes capixabas e mineiros, este valor não é suficiente para as ações necessárias para a recuperação. Por conta disso foi solicitado o aumento do valor para R$ 100 bilhões.

Notícias Recentes

Anúncio publicitário

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.