Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Programa CNH Social contabiliza mais de 159 mil inscrições neste ano em sistema desenvolvido pelo Prodest

As duas edições deste ano do Programa CNH Social, promovidas pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), receberam juntas 159.495 inscrições. Todas foram feitas eletronicamente, a partir de sistema desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest). 

 

As duas edições deste ano do Programa CNH Social, promovidas pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), receberam juntas 159.495 inscrições. Todas foram feitas eletronicamente, a partir de sistema desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest).

Além de priorizar a segurança das informações dos candidatos, o Instituto desenvolveu uma ferramenta intuitiva que proporciona mais comodidade na hora da inscrição. “Tornar o Governo mais próximo do cidadão é um dos nossos principais objetivos. Inegavelmente, colaboramos para o CNH Social alcançar um maior número de pessoas”, afirmou o presidente do Prodest, Marcelo Cornélio.

Neste ano, o CNH Social disponibilizou sete mil vagas para os interessados em conseguir a Primeira Habilitação que pode ser nas categorias A (moto) ou B (carro), ou mudar para categoria D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta), ou acrescentar a categoria A ou B.

A escolha dos inscritos é feita de forma eletrônica, sem interferência humana. A seleção é realizada seguindo os critérios do programa, tendo como base os dados fornecidos pelos próprios beneficiários no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do Governo Federal.

Nesse caso, são considerados vários fatores, como a menor renda per capita; maior número de componentes no grupo familiar; candidatos com Ensino Fundamental completo; beneficiário do Bolsa Família; e data e hora de inscrição.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.