Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

R-Crio é reconhecida pelo SEBRAE como Startup do Futuro

No último dia 08 de novembro, a R-Crio Células-tronco, fundada por capixabas e sediada em Campinas (SP), recebeu do SEBRAE a chancela de uma das 100 Startups de saúde mais inovadoras do Estado de São Paulo. A premiação é anual e tem por objetivo mostrar a força dos setores de inovação tecnológica e científica das empresas brasileiras. Foram reconhecidas as 100 mais promissoras, com alto potencial de desenvolvimento e impacto global.

No último dia 08 de novembro, a R-Crio Células-tronco, fundada por capixabas e sediada em Campinas (SP), recebeu do SEBRAE a chancela de uma das 100 Startups de saúde mais inovadoras do Estado de São Paulo. A premiação é anual e tem por objetivo mostrar a força dos setores de inovação tecnológica e científica das empresas brasileiras. Foram reconhecidas as 100 mais promissoras, com alto potencial de desenvolvimento e impacto global.

Segundo o diretor executivo da R-Crio, Walker Jeveaux, é motivante figurar entre as empresas do setor de desenvolvimento para a saúde capazes de impactar positivamente a vida das pessoas e contribuir para a evolução da medicina regenerativa a partir das células-tronco. “Esse celebrado reconhecimento, por parte do SEBRAE para startups, é resultado de anos de imenso esforço, dedicação, capacidade, trabalho em equipe multidisciplinar, muita resiliência, comprometimento com a entrega de resultados à sociedade, propósito verdadeiro e fé”, comemora Jeveaux

O Centro de Processamento Celular R-Crio nasceu em 2014, a partir da união de três empreendedores capixabas, acadêmicos e pesquisadores: Brunella Bumachar, Alexandre Serafim e José Ricardo Muniz Ferreira. Inicialmente, o centro era especializado no processamento e armazenamento de promissoras células-tronco obtidas a partir da polpa dentária para utilização em terapias regenerativas. Desde então, foram estabelecidas as principais vertentes da empresa, envolvendo sempre pesquisa e desenvolvimento, entrega de resultados, serviços e produtos voltados à saúde para sociedade.

Segundo Brunella, foram publicados, sob a participação e apoio da R-Crio, mais de 50 artigos científicos, 12 patentes com depósitos nacionais e internacionais, oito livros dedicados à inovação em biotecnologia aplicada à medicina e odontologia regenerativa; realizados projetos de pesquisa; participação em bancas nacionais e internacionais de especialização, mestrado e doutorado; desenvolvimento e registro de produtos avançados de terapia celular, além da presença e atuação em inúmeros congressos nacionais e internacionais.

Em 2016, o cientista e membro do International Society for Cellular Therapy, José Ricardo Muniz Ferreira, foi o primeiro brasileiro a proferir conferência no Space Life Sciences Lab, na International Space Academy – KSCIA (EUA).

Em agosto de 2022, mais uma grande conquista. A empresa estabeleceu aliança com a KSCIA e passou a contar com uma base dentro do Space Florida, na estrutura dedicada às ciências da vida. “Foi firmada também uma parceria com a Universidade da Flórida para o desenvolvimento de produtos para medicina regenerativa, baseados em células-tronco cultivadas em ambientes com diferentes condições de gravidade e oxigenação, sob o intuito de controlar o processo de envelhecimento celular”, relata Muniz Ferreira.

O comitê científico constituído na R-Crio passou a ter representação junto às sociedades internacionais de terapia celular e pesquisa básica (ISCT e ISSCR), participando de comitês relacionados à harmonização e regulamentação de terapias celulares para o mundo e organizando a primeira comissão brasileira responsável pela tradução para o português das recomendações propostas pela International Society for Cell and Gene Therapy (ISCT), em 2016.

A empresa ainda foi protagonistas para a criação da Sociedade Brasileira de Terapia Celular e Medicina Regenerativa – SOBRACEL, com José Ricardo como o presidente nacional da entidade. Criou o prêmio Mérito Científico, que incentiva e premia projetos de pesquisa na área de medicina regenerativa em todo o mundo. Estabeleceu importante aliança com a ANADEM (Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética) e a Université Laval em Quebec-Canadá, consolidando a criação de uma cátedra industrial internacional, nos cursos de Engenharia e Odontologia da Universidade.

Hoje, por meio do trabalho no programa de pós-doutorado da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) – Departamento de Ortopedia e Traumatologia, José Ricardo e a R-Crio buscam desenvolver um novo produto de terapia celular avançada, voltado para o tratamento de dores articulares e regeneração da cartilagem degenerada em pacientes com osteoartrite ou disfunções temporomandibulares.

Em setembro de 2022, o cientista foi nomeado membro titular da Academia Brasileira de Odontologia, criada em 1949, passando a ocupar a 99ª cadeira entre as 100 dedicadas aos dentistas brasileiros que se destacam na ciência e na clínica em benefício da sociedade.

“O ano 2023 promete ser ainda mais especial, com a R-Crio passando a atuar como uma farmacêutica de fato, especializada na produção de medicamentos biológicos a partir de células-tronco e, dessa forma, contribuir significativamente e como vanguarda em saúde para que o binômio longevidade com qualidade de vida associada, efetivamente, ao alcance da ciência, da clínica e da sociedade seja mais do que fato.  Para que tudo isso esteja disponível à população, a partir de janeiro, colocaremos no mercado novos produtos, aumentando as possibilidades do público adulto de armazenar esse medicamento biológico já em condições de uso e em quantidades suficientes para atender ao tratamento das principais doenças agudo-degenerativas, respeitando às condições regulatórias para o uso”, finaliza Muniz Ferreira.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.