Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Salvamento Marítimo Municipal de Vitória e alteração na carga horária para pais de deficientes são temas da Tribuna Livre

O Serviço de Salvamento Marítimo Municipal de Vitória e a alteração na carga horaria para pais e mães de crianças com deficiência foram temas apresentados na Tribuna Livre dessa segunda-feira (16/10) na Câmara de Vitória. Foram convidados o guarda-vida Ednardo Rocha Dalmácio e Ediram Maria Meireles, respectivamente, foram quem apresentaram os assuntos.

O Serviço de Salvamento Marítimo Municipal de Vitória e a alteração na carga horaria para pais e mães de crianças com deficiência foram temas apresentados na Tribuna Livre dessa última segunda-feira (16/10) na Câmara de Vitória. Foram convidados o guarda-vida Ednardo Rocha Dalmácio e Ediram Maria Meireles, respectivamente, foram quem apresentaram os assuntos.

A Tribuna Livre é um espaço durante a Sessão Ordinária em que representantes da Sociedade Civil podem apresentar sugestões e solicitações ao Parlamento Municipal.

Proteção – Ednardo Rocha Dalmácio, que trabalha como guarda-vida há mais de quinze anos, descreveu seu trabalho que tem como principal função realizar tarefas de vigilância e salvamento. Também são feitas abordagens preventivas, resgates, localização de crianças e idosos perdidos na praia etc.

Dalmácio disse que as abordagens preventivas são a principal ferramenta para evitar afogamentos. Ele relatou alguns casos de pessoas que desobedeceram ao aviso da abordagem preventiva e se afogaram, tendo sido salvas pelo salvamar.

Ele também falou sobre a importância do uso, pelas crianças, de pulseiras com as cores do posto de vigilância do salvamar. “Assim, se a criança se perde, o pai informa qual o posto ele está e os guarda-vidas se comunicam por rádio e localizam a criança”, disse.

Os guarda-vidas, além de prevenir, identificar, salvar, também retiram dos mares objetos que trazem riscos aos banhistas e prestam atendimento a animais debilitados encontrados nas areias.

Inclusão – A professora Ediram Maria Meireles, mãe de autista, falou sobre a mudança na carga horária para pais e mães de crianças com deficiência. “Vim representar a voz de diversos responsáveis de pessoas com deficiência e que são funcionários do município de Vitória e que têm redução de carga horária. Essa redução é muito importante para pais de atípicos para que tenhamos disponibilidade de tempo para levar nossos filhos aos especialistas para que eles tenham uma melhor qualidade de vida. Somos muito gratos por isso, mas a forma como ela foi colocada, não está sendo muito eficaz para levar a criança, especialmente para as professoras”, afirmou.

Ela sugeriu que essa redução de carga horária fosse concentrada em um dia, ou invés de duas horas diárias, o que seria mais eficaz para levar a criança nas terapias. Ela lembrou que essa alteração não geraria nenhum custo para o município.

O vereador Davi Esmael concordou. “Você traduziu bem o anseio de cada pai de pessoa com deficiência que busca a junção dessa redução para profissionais da educação. Temos que lembrar que não se quer essa carga horária como privilégio, ou para se ficar em casa, mas para que se prepare nossos filhos para serem incluídos”, disse.

Nessa Sessão, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei n° 104/2022, do vereador Maurício Leite. A matéria dispõe sobre o fornecimento gratuito de pulseiras de identificação infantil em praias e eventos públicos realizados em locais abertos.

Homenagem – O vereador Vinicius Simões homenageou os professores Roberto Martins, Luiz Emanuel e Leonardo Rocha. “São pessoas que dedicaram sua vida à educação e que, querendo ajudar ainda mais a sociedade entraram para a vida política”, disse.

O vereador Luiz Emanuel também homenageou o professor e vereador Vinicius Simões.

Estiveram presentes na sessão os vereadores: Aloísio Varejão (PSB), André Brandino (PSC), André Moreira (PSOL), Anderson Goggi (PP), Chico Hosken (PODE), Davi Esmael (PSD), Dalto Neves (PDT), Duda Brasil (União);Karla Coser (PT), Leonardo Monjardim (Patriota); Luiz Paulo Amorim (SDD), Luiz Emanuel (Republicanos), Maurício Leite (Cidadania), Vinicius Simões (Cidadania).

Confira o que foi apreciado:

1. Projeto de Lei n° 104/2022, processo n° 7864/2022

Autoria Vereador Maurício Leite.

Ementa: Dispõe sobre o fornecimento gratuito de pulseiras de

identificação infantil em praias e eventos públicos realizados em locais abertos.

APROVADO COM EMENDA

Notícias Recentes

Anúncio publicitário

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.