Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Servidores do Ifes entram em greve por tempo indeterminado

Os Servidores do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), votaram pela deflagração de uma greve a partir desta terça-feira (09), por tempo indeterminado. A decisão abrange todos os campi da instituição no Estado.

As principais reivindicações incluem uma recomposição salarial de 53,17% para os Técnicos Administrativos em Educação (TAE) e 39,92% para os Docentes, levando em consideração as perdas salariais acumuladas ao longo da última década. O governo federal propôs um reajuste de apenas 2,5% em 2025 e mais 2,5% em 2026, sem aumento em 2024.

Além disso, os servidores exigem a reestruturação das carreiras, a revogação de normas prejudiciais à educação federal aprovadas nos governos anteriores, a recomposição do orçamento e o reajuste imediato dos auxílios e bolsas dos estudantes.

O Ifes respeita o direito de greve e afirma que a decisão é coletiva, tomada em assembleia sindical. A adesão à greve é individual, e a instituição garante que qualquer prejuízo às atividades será compensado posteriormente.

A greve dos servidores do Ifes coincide com a decisão dos professores da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) sobre a possível adesão ao movimento grevista a partir de 15 de abril, em conjunto com os técnico-administrativos, que estão em greve desde 13 de março.

Notícias Recentes

Anúncio publicitário

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.