Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Último dia de mostra de teatro com circo e peças na Serra

A 1ª Mostra de Teatro da Serra , que aconteceu durante toda essa semana, na Estação Cidadania de Cultura, em Novo Porto Canoa, chega ao fim nesta sexta-feira. E no último dia de espetáculos, o publico vai contar  com uma peça e uma apresentação da Palhacinha Fernanda Garay.

 

A 1ª Mostra de Teatro da Serra , que aconteceu durante toda essa semana, na Estação Cidadania de Cultura, em Novo Porto Canoa, chega ao fim nesta sexta-feira. E no último dia de espetáculos, o publico vai contar  com uma peça e uma apresentação da Palhacinha Fernanda Garay.

A mostra está sendo um sucesso e atraiu um grande público no município. O evento foi idealizado pelo ator, diretor e professor da Estação. Wagner Billó e é  realizado pelo Clube Capixaba, e conta com o apoio da Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer (Setur).

Nesta sexta-feira, dia 7 de junho, o público vai poder prestigiar uma peça e um show de pôquer. Às 16 horas,vai acontecer  o show de pôquer com muito malabarismo, circo e teatro, e às 19 horas, acontece a peça  “O menino do dedo verde”, da Cia de teatro Imprópria Trupe, da Serra.

 

Conheça as peças

“Espetáculo a palhacinha floresta”

Uma retrospectiva da palhaçaria feminina, show pôquer com malabares, circo e teatro contagiando de alegrias às crianças e adultos, com intervenções artísticas em escultura em balão e pintura facial.

Classificação: Livre

Direção e Elenco: Fernanda Garay

 

“O menino do dedo verde” – Cia teatro imprópria trupe – Serra/ES

Tistu era lho único e vivia feliz com a sua família na cidade de Mirapólvora. Aos oito anos de idade, seus pais, o Senhor Papai e a Senhora Mamãe, decidiram oferecer a ele um modelo de educação um tanto quanto diferente. Na sua primeira lição, de jardinagem, seu professor, Sr. Bigode, o levou a descobrir um dom muito especial,Tistu tinha o polegar verde. Com seu polegar fazia nascer lindas flores, o que poderia ser ótimo, mas também cria uma série de confusões no mundo dos adultos, fazendo com que Tistu se envolvesse em várias peripécias. As aventuras de Tistu são entoadas por ritmos da cultura popular capixaba. referência que aparece, também, em outros detalhes da cena, como figurinos e adereços. “O menino do dedo verde” é um clássico da literatura infanto-juvenil, principalmente pela forma delicada com que aborda assuntos urgentes da sociedade.

Classificação: Livre

Direção:  Wellington Fernandes

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.