Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Vans escolares são alvos de fiscalização da Guarda em Vitória

Estudar é direito fundamental de toda criança. De olho no ir e vir dos estudantes e na sua segurança ao seguirem para as escolas, o Grupo Tático Operacional de Trânsito (GTO) da Guarda Municipal de Vitória (GCMV) realizou a Operação Anjos da Guarda com foco na fiscalização de vans e topics, na manhã e na tarde desta terça-feira (1º). As ações aconteceram nos bairros Jardim da Penha, Jardim Camburi e Santo Antônio.

Operação Anjos da Guarda

Estudar é direito fundamental de toda criança. De olho no ir e vir dos estudantes e na sua segurança ao seguirem para as escolas, o Grupo Tático Operacional de Trânsito (GTO) da Guarda Municipal de Vitória (GCMV) realizou a Operação Anjos da Guarda com foco na fiscalização de vans e topics, na manhã e na tarde desta terça-feira (1º). As ações aconteceram nos bairros Jardim da Penha, Jardim Camburi e Santo Antônio.

Ao todo, foram realizadas 25 abordagens nas proximidades de colégios com grande movimento. A fiscalização observou itens básicos para o transporte seguro de alunos. “O objetivo é garantir mais segurança aos estudantes que dependem de vans e inibir o transporte clandestino, assim podemos evitar situações de risco no trânsito para todos”, observa Brunno Xavier, gerente do GTO.

Quem passava pelas blitz, viu com certo alívio a fiscalização. “Eu ainda levo meu filho na escola todos os dias pois não tenho segurança em encaminhá-lo em vans, até por não ter uma pessoa preparada para tomar conta dentro do veículo. Gostei de ver e espero que se repita”, afirma Manueli Barbosa, moradora de Jardim da Penha, logo após deixar o filho no colégio.

Multas

As equipes realizaram 14 autos de infração, três deles em razão do motorista não ter curso especializado para transporte escolar. Um veículo precisou ser removido. Foram vistoriados o estado de conservação dos veículos, excesso de passageiros, documentação atualizada junto ao Detran e demais exigências estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Em Jardim da Penha, a operação Anjos da Guarda contou com a colaboração da Delegacia de Delitos de Trânsito, que chegou a autuar um motorista de van que não possuía habilitação.

Fique de Olho

O que observar ao contratar o transporte escolar:

Veículo:
  • possuir faixas horizontais identificando como Escolar;
  • possuir placas na cor vermelha;
  • documentos em dia: licença para transporte e IPVA.
Motorista:
  • possuir mais de 21 anos;
  • habilitação categoria D;
  • ter curso específico do Detran;
Acompanhante
  • indispensável para transporte de crianças menores de 9 anos;
  • ser maior de 18 anos.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.