Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Vila Velha bate recorde estadual em geração de novos empregos no 1º bimestre

Repetindo o desempenho registrado no último mês de janeiro, Vila Velha novamente se manteve no topo da lista dos municípios do Espírito Santo que mais geram novos empregos no mercado formal de trabalho, também no mês de fevereiro.

Conforme dados do CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho e Emprego, que monitora e registra as contratações e demissões realizadas pelas empresas – Vila Velha criou, em fevereiro de 2024, mais 1.117 novas vagas de emprego na cidade, com carteira assinada.

Na somatória do número de novos postos de trabalho criados em janeiro (1.001) e fevereiro (1.117) deste ano, Vila Velha já gerou 2.118 novos empregos formais somente neste primeiro bimestre. Os números posicionam a cidade bem à frente dos demais municípios da Região Metropolitana da Grande Vitória. E com grande margem de diferença.

Nesta segunda-feira (1º), por exemplo, Vila Velha iniciou a semana com 862 oportunidades de trabalho para diversos níveis de escolaridade: indicadores que colocam a cidade em novo patamar de geração de emprego e renda.

“Os números do CAGED são um reflexo sólido do crescimento econômico que tem sido impulsionado desde o início da nossa gestão. As pesquisas mostram que o mercado de trabalho em Vila Velha está em constante expansão, com o maior estoque de empregos formais do Espírito Santo. Nosso objetivo é elevar ainda mais este patamar, com projetos, ações e políticas públicas voltadas à desburocratização e incentivo ao empreendedorismo”, assegurou o prefeito Arnaldinho Borgo.

Os dados do CAGED revelam ainda que, sozinha, Vila Velha respondeu por um total de 28% dos 3.600 novos postos de trabalho criados em todos os municípios do Espírito Santo, no primeiro mês deste ano, quando houve mais contratações do que demissões. Foram 6.621 admissões e 5.620 desligamentos no período.

“Este ciclo virtuoso de desenvolvimento econômico tem mantido o mercado de trabalho em Vila Velha em constante ritmo de expansão. Nosso estoque atual de empregos com carteira assinada é o maior do Espírito Santo e estamos trabalhando para elevar este patamar cada vez mais. Esse também é um indicativo seguro de que novos empreendimentos podem vir para nossa cidade. Mão de obra qualificada temos, assim como política pública de incentivo e desburocratização”, garantiu o prefeito.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Vila Velha, Everaldo Colodetti,  essa tendência de crescimento reforça não apenas a resiliência da economia local, como também abre portas para novas oportunidades de negócios e mais espaço de atuação para empresários de todos os portes, sobre tudo micro e pequenos empreendedores.

“Com o melhor ambiente de negócios do Estado, Vila Velha recebe total apoio da administração municipal para se firmar como um destino privilegiado para quem busca prosperidade e desenvolvimento econômico. E a geração de novos empregos é apenas um dos resultados advindos desta conjuntura extremamente favorável que estamos construindo”, concluiu Everaldo.

Setores que mais empregam

Majoritariamente, as novas vagas criadas em Vila Velha foram provenientes do setor de serviços, que hoje emprega um total de 61.612 trabalhadores com carteira assinada, com destaque para a área de saúde, cujo crescimento foi liderado pelas atividades hospitalares.

Outros setores produtivos também se destacaram na geração de empregos em Vila Velha. O comércio reponde atualmente por 31.136 postos de trabalho na cidade. Em seguida, vem a indústria, com mais 12.636 empregos, e depois, a construção civil, que emprega 7.416 trabalhadores em Vila Velha.

Já as atividades agropecuárias – realizadas, em sua maioria, por pequenos produtores da agricultura familiar –, geram outros 132 empregos formais no município.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.