Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Vila Velha: ilhas Itatiaia e Pacotes interditadas devido ao período de reprodução das aves

Devido ao período de reprodução das espécies de aves marinhas ameaçadas de extinção, como as andorinhas e as pardelas, entre os dias 15 de abril e 15 de outubro, fica proibido o desembarque nas Ilhas Itatiaia e dos Pacotes, localizadas no litoral de Vila Velha. A medida atende a Resolução Consema Nº 011/2005, que visa proteger o ciclo reprodutivo dessas aves.

A Ilha Pituã, no entanto, permanece aberta durante todo o ano para realização de passeios junto às equipes de barqueiros que realizam o translado para a ilhas e são devidamente capacitados e preparados para atender os visitantes.

As Ilhas Itatiaia e dos Pacotes, em Vila Velha, são parte fundamental da rota de reprodução das andorinhas e pardelas, juntamente com a Ilha Escalvada, em Guarapari, a Ilha Branca, em Marataízes, e as Ilhas Galhetas, em Vitória.

Essas aves marinhas são particularmente vulneráveis aos distúrbios do clima e do ambiente, pois têm áreas de reprodução limitadas, concentrando um grande número de indivíduos em localidades específicas.

Enquanto as andorinhas-do-mar-de-bico-amarelo e as andorinhas-do-mar-do-bico-vermelho se reproduzem ao longo do litoral brasileiro, das ilhas costeiras do Espírito Santo até Santa Catarina, a população de pardelas-de-asa-larga nidifica exclusivamente nas Ilhas Itatiaia, aqui no Espírito Santo, e em algumas ilhotas em Fernando de Noronha.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Ricardo Klippel Borgo, as ilhas costeiras de Vila Velha são áreas de proteção ambiental, classificadas no Plano Diretor Urbano do município como Zona de Especial Interesse Ambiental (ZEIA).

“As diretrizes estabelecidas durante o período de nidificação das aves são determinações regidas pela Resolução Consema, e o descumprimento está sujeito às sanções previstas em lei”, finalizou.

Notícias Recentes

Anúncio publicitário

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.