Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

​Vila Velha realiza ação de saúde para combater a poliomielite e outras doenças

No intuito de garantir mais saúde à população, a Secretaria Municipal de Saúde firmou parceria com o Governo do Estado, Rotary Club de Vila Velha, instituto Acqua, Hepatite Zero, End Polio Now e Crie Esperança no Mundo para realizar uma ação de combate a poliomielite, hepatite e outras doenças.

No intuito de garantir mais saúde à população, a Secretaria Municipal de Saúde firmou parceria com o Governo do Estado, Rotary Club de Vila Velha, instituto Acqua, Hepatite Zero, End Polio Now e Crie Esperança no Mundo para realizar uma ação de combate a poliomielite, hepatite e outras doenças.

O evento acontecerá na próxima quinta (9), de 9 às 16h, no Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), localizado na avenida Salgado Filho, nº 918, no bairro Soteco, onde serão ofertadas vacinas contra poliomielite, covid-19 e influenza, além de testes rápidos para hepatite B e C.

Tanto a vacinação quanto os testes rápidos serão por livre demanda, sem necessidade de agendamento e por ordem de chegada.

Poliomielite ou paralisia infantil

A poliomielite, que também conhecida como pólio ou paralisia infantil, é uma doença que invade o sistema nervoso e, nos casos mais graves, pode causar paralisia.  É uma doença muito contagiosa, ou seja, é transmitida de pessoa para pessoa, afetando principalmente crianças menores de cinco anos, mas também pode acometer adultos. A vacinação é a única forma de prevenção. Todas as crianças menores de cinco anos devem ser vacinadas.

Hepatite

A hepatite é uma inflamação do fígado por causas diversas. As mais frequentes são as infecções pelos vírus tipo A, B e C, que atacam o fígado quando parasitam suas células para a sua reprodução, induzindo à cirrose (causada ingestão frequente de bebidas alcoólicas).

Hepatite B e hepatite C: transmitidos sobretudo por meio do sangue, os vírus da hepatite tipo B (HBV) e tipo C (HCV) acomete principalmente usuários de drogas injetáveis e pacientes submetidos a material cirúrgico contaminado e não-descartável. Por este motivo devemos ter muito cuidado nas transfusões sanguíneas, no dentista, em sessões de depilação ou tatuagem. A hepatite B também pode ser transmitida através do contato sexual, reforçando a necessidade do uso de camisinha.

A importância do teste rápido de hepatite

Os sinais das hepatites B e C podem não aparecer no início da doença, e grande parte dos infectados só acaba descobrindo após anos e muitas vezes por acaso.
Por este motivo, faz-se necessário a realização de exames periódicos e testes rápidos, que permitem aumentar a agilidade de resposta aos usuários, encaminhar com brevidade para assistência médica e início de tratamento, além de ampliar o acesso ao diagnóstico para pessoas que vivem em locais remotos.

Serviço:
Ação de combate a poliomielite, hepatite e outras doenças
Quinta (9), de 9 às 16h
Local: Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (HIMABA) – Avenida Salgado Filho, nº 918, Soteco

Notícias Recentes

Anúncio publicitário

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.