Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Vitória é 7ª cidade mais inteligente do Brasil e líder no Espírito Santo

 

O uso da tecnologia para ofertar melhores serviços ao cidadão faz de Vitória a 7ª cidade mais inteligente do Brasil, conforme divulgado no ranking do Connected Smart Cities. Esse reconhecimento destaca a dedicação contínua da cidade em direção à inovação e ao desenvolvimento.

No Espírito Santo, a capital lidera o ranking geral com uma nota de 35,604, a melhor na região. Com uma infraestrutura moderna e uma visão estratégica voltada para o futuro, Vitória tem se destacado por sua capacidade de integrar tecnologia e serviços públicos de maneira eficaz.  Ao tratar das cidades do sudeste do Brasil, a capital capixaba encontra-se na quarta posição, de 58 cidades.

“Desde quando assumimos a Prefeitura de Vitória, priorizamos o cuidado com as pessoas. Realizamos um rigoroso ajuste fiscal, cortamos privilégios, renegociamos contratos, reduzimos o número de cargos comissionados e assim, recuperamos nossa capacidade de investimento e passamos a realizar várias ações que estão projetando Vitória positivamente e mudando a vida das pessoas, proporcionando mais igualdade de oportunidades para os cidadãos. A capital, que é destaque em várias frentes no cenário nacional, lançou recentemente o novo aplicativo Vitória Online, que agrega educação, inovação na saúde, ferramenta de transparência e controle social. Quando incluímos o cidadão, ele se torna partícipe e protagonista no processo de crescimento da cidade. Todos ganham.”, disse o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

Com frentes voltadas à população, com sua atenção à preservação ambiental e ao uso eficiente dos recursos, Vitória posiciona-se como um exemplo a ser seguido em termos de cidade inteligente.

O Ranking foi realizado e publicado pela Necta e Urban Systems. A publicação apresenta as configurações reais das cidades e como funcionam os pontos de partida para compreender indicadores e níveis de desenvolvimento do município.

entre os diversos setores analisados. O conceito de smart cities considerado entende que o desenvolvimento só é atingido quando os agentes de desenvolvimento da cidade compreendem o poder de conectividade entre todos os setores.

Exemplo disso é a consciência de que investimentos em saneamento estão atrelados não apenas aos ganhos ambientais, como aos ganhos em saúde, que irão a longo prazo reduzir os investimentos na área (atendimentos de saúde básica) e consequentemente impactarão em questões de governança e até mesmo economia.

Vitória está pavimentando seu caminho para se tornar um centro de referência em inteligência urbana, inspirando outras cidades a seguirem esse exemplo de progresso e modernidade.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.