Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Vitória tem a saúde mais bem avaliada do Brasil

Vitória da Saúde! A capital ficou com o primeiro lugar geral do eixo Saúde na edição 2023 do Ranking Connected Smart Cities, o mais conhecido evento nacional que avalia potenciais de desenvolvimento em cidades brasileiras. À frente de cidades tradicionalmente bem conceituadas na área da Saúde, como Curitiba, Florianópolis e Belo Horizonte, Vitória vem investindo continuamente em tecnologias para melhorar o acesso de seus moradores aos serviços da rede municipal de saúde.

Vitória da Saúde! A capital ficou com o primeiro lugar geral do eixo Saúde na edição 2023 do Ranking Connected Smart Cities, o mais conhecido evento nacional que avalia potenciais de desenvolvimento em cidades brasileiras. À frente de cidades tradicionalmente bem conceituadas na área da Saúde, como Curitiba, Florianópolis e Belo Horizonte, Vitória vem investindo continuamente em tecnologias para melhorar o acesso de seus moradores aos serviços da rede municipal de saúde.

O prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, celebrou o resultado. “Nossa capital conquistou o 1º lugar na mais importante avaliação do Brasil, o Ranking Connected Smart Cities na categoria Saúde e o 7º lugar entre as cidades mais inteligentes do país! Desde 2015, o Prêmio, da Plataforma Connected Smart Cities em parceria com a Neurônio, tem promovido debates, troca de informações e a disseminação de ideias, envolvendo governo, empresas e organizações da sociedade civil, visando tornar as cidades mais inteligentes e conectadas. Além de receber essa grandiosa premiação, Vitória também é o município com melhor funcionamento da máquina pública no Brasil e vocação para receber e atrair novos investimentos; a quinta capital mais competitiva do país, além de líder no Espírito Santo; a 3ª cidade brasileira mais limpa do Brasil; top 10 principais destinos tendência para o meio do ano pela Booking.com. É a união inovadora entre população, tecnologia e serviço público transformando nossa capital”.

Conquistas na saúde

Todos os Agentes Comunitários de Saúde de Vitória (ACS) trabalham com tablets e, agora, podem fazer atualizações e anotações importantes a respeito dos pacientes que acompanham enquanto realizam as visitas domiciliares graças ao uso de tablets especialmente configurados para suas atividades de rotina.

Os aparelhos vêm dando mais agilidade e praticidade ao trabalho dos agentes, evitando o retrabalho, reduzindo o consumo de papel e qualificando melhor os dados com informações mais precisas. “Principalmente para atualizar o cadastro, o tablet ajuda muito. Antes tínhamos que anotar numa folha e depois atualizávamos no computador da Unidade de Saúde. Às vezes só era preciso checar se o celular continuava o mesmo ou acrescentar contatos novos. Com o tablet ficou muito mais prático”, explica a ACS da unidade de saúde de Fonte Grande, Natália Santos Santana.

Em 2023, os agentes da Vigilância Sanitária também passaram a utilizar tablets em sua rotina de trabalho e Vitória passou a ser a primeira cidade do Estado a implantar a fiscalização digital. Antes, as notificações eram preenchidas de maneira manual, utilizando carbono para as cópias. Caso fosse preciso digitalizar essas notificações, elas precisavam ser escaneadas. Além de demandar mais tempo, todo esse processo era passível de rasuras, além de obrigar os fiscais a trabalharem com excesso de peso.

“O principal objetivo é que a Vigilância Sanitária preste serviço de forma rápida, desburocratizada, moderna e transparente. O tablet possibilita agora a consulta de todos os dados referente ao imóvel ou empresa fiscalizados. Outra novidade é o preenchimento das notificações e demais termos lavrados pelo tablet”, disse o gerente da Vigilância Sanitária, Alexandre Lorencete.

Outra aquisição tecnológica para a Saúde da Capital foram drones especiais, com visão térmica, que serão utilizados para identificar criadouros de mosquitos em locais de difícil acesso, como caixas d’água abertas ou semiabertas, calhas e outros. Isso porque a água parada fica ligeiramente mais fria em relação aos materiais que a acumulam.

Atualmente, oito profissionais da saúde estão treinando o uso do equipamento. “Temos uma autorização especial para utilizar os drones, uma vez que no espaço aéreo de Vitória circulam muitos aviões. Nosso objetivo é mapear toda a cidade, com imagens precisas  em busca de criadouros em locais que os Agentes de Combate às Endemias não poderiam visualizar ou acessar”, explica o biólogo de referência em arboviroses de Vitória, André Capezzuto.

A partir das imagens, será feito um plano de acesso e roteiro para vistoria dos imóveis mapeados pelos agentes para identificarem possíveis criadouros e fazerem a eliminação, o tratamento focal e o trabalho de educação em saúde.

Os drones também poderão ser utilizados nas ações de rotina da Vigilância Sanitária, das inspeções de Saúde do Trabalhador e nas ações de controle animal.

E quando o assunto é inovação para o atendimento às necessidades da população, a equipe de Saúde de Vitória não mede esforços. Por isso, a Capital se tornou a pioneira no Estado na divulgação de estoques de medicamentos, por meio do Painel de Medicamentos.

Além de informar de forma detalhada o estoque dos medicamentos no município, a nova ferramenta também permite a realização de pesquisa sobre a disponibilidade de um medicamento específico em todas as 29 unidades básicas de saúde (UBS) de Vitória. Essas informações são atualizadas diariamente a partir dos dados gerenciados pela equipe da Assistência Farmacêutica de Vitória no Sistema da Rede Bem Estar.

“A implementação dessa ferramenta tem como objetivo dar mais transparência aos moradores do nosso município. Vitória vem trabalhando para manter uma média de 95% de índice de abastecimento de medicamentos, bem acima do preconizado pela Organização Mundial de Saúde, que é de 80%”, destacou a secretária de Saúde de Vitória, Magda Lamborghini.

“O usuário da rede municipal de saúde pode verificar do seu celular ou computador se os medicamentos prescritos estão disponíveis para fornecimento em sua unidade de saúde de referência ou em outra unidade próxima à sua residência, antes mesmo de sair de casa”, explicou a gerente de Assistência Farmacêutica de Vitória, Sheila Zambon.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.