Anúncio publicitário

Compartilhe

WhatsApp
Facebook
Telegram

Vitória tem queda de 24% de número de mortes em acidentes de trânsito

A presença constante de agentes de trânsito nas vias da capital e uma fiscalização efetiva da Guarda Municipal trouxeram um resultado positivo: menos mortes em acidentes. Vitória registrou uma queda de 24% no número de vítimas fatais no trânsito.

A presença constante de agentes de trânsito nas vias da capital e uma fiscalização efetiva da Guarda Municipal trouxeram um resultado positivo: menos mortes em acidentes. Vitória registrou uma queda de 24% no número de vítimas fatais no trânsito.

Dados do Observatório de Segurança Pública mostram que, de janeiro a julho do ano passado, 25 pessoas perderam a vida nas ruas e avenidas da capital. Os registros de mortes caíram para 19 em 2023.

“Nosso trabalho é constante para preservar vidas no trânsito. As equipes de agentes do Trânsito atuam diuturnamente na fiscalização e educação de motoristas, motociclistas e demais integrantes do trânsito para manutenção da segurança viária de toda a cidade”, destaca Amarílio Boni, secretário municipal de Segurança Urbana.

Essa efetividade pode ser medida em números. Do início da gestão para cá, já foram realizadas 355 operações de trânsito. São ações em diversos bairros da cidade e que vão de fiscalização de veículos pesados até a blitze em saída de festas. Já foram abordados quase 35 mil carros e motocicletas.

“A redução no número de vítimas fatais é resultado de um trabalho constante baseado em educação, fiscalização e inteligência, e demonstra o nosso compromisso com a vida. Temos ainda um enorme desafio, mas seguimos realizando ações que buscam conscientizar a população sobre a importância de exercitar a prática de um trânsito mais humanizado. Além dessas ações, temos investido em sinalização viária. Instalamos e reformamos 16 redutores físicos de velocidade em todas as regiões da cidade, especialmente nas proximidades de escolas. Renovamos nosso parque semafórico, que agora é operado com inteligência artificial, e temos ampliado a presença da Guarda nas ruas”, destaca o prefeito Lorenzo Pazolini.

Bafômetro

Um problema sério que ainda, infelizmente, gera muitas tragédias no trânsito é a mistura álcool e direção. Por isso, a Guarda Municipal de Vitória está sempre atenta. De 2021 para cá, já foram realizados quase 16 mil testes do bafômetro.

“Buscamos não apenas repreender os motoristas e motociclistas irregulares. São realizadas orientações que constroem a educação no trânsito para que possamos ter um trânsito respeito às leis e aos demais integrantes, em especial os mais frágeis como ciclistas e pedestres”, pontuou Brunno Xavier, gerente de Operações e Fiscalizações de Trânsito (GOFT), da Guarda Municipal de Vitória.

Fiscalizações

Como o trânsito seguro é para todas as idades, a Guarda de Vitória também está de olho nas vans escolares. Somente neste mês de agosto, mais de 50 veículos transportando alunos foram abordados. Nessas fiscalizações são verificados documentação dos motoristas, condições do transporte, autorizações e cursos conforme previsto em lei. “É a forma de garantir a segurança de estudantes no ir e vir escolar”, completa Brunno.

Educação

A Coordenação de Educação de Trânsito da Secretaria Municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran) também ampliou as ações em escolas, eventos e nas ruas da cidade, com campanhas e orientações sobre velocidade adequada, respeito à faixa de pedestres, como trafegar de bicicleta e obediência aí semáforo, assim como a importância de não combinar bebida e direção.

“Trabalhamos com todas as faixas etárias, mas temos intensificado cada vez mais as ações na infância, a fim de formar cidadãos mais conscientes. Nossa equipe de educação de trânsito já impactou mais de 150 mil pessoas durante as abordagens só em 2023”, afirma o secretário da pasta, Alex Mariano.

2023 © ES Post. Todos os Direitos Reservados.